Um garotos de 7 anos visita sua vizinha idosa 5 vezes ao dia; o motivo é impressionante!

PUBLICIDADE

Darrien Middleton foi quem publicou essa linda história em sua rede social.

Darrien explica como o menino tem uma “alma de homem velho” que todos amam. Ela decidiu compartilhar a história dele e de Wilma com o mundo. Agora, a amizade de ambos está se tornando viral!

PUBLICIDADE

Darrien conta que infelizmente, sua avó Wilma está doente, e ela não consegue estar lá para ajudá-la como gostaria. O seu emprego é tempo integral trabalha na emergência do hospital local.

Apesar do seu trabalho ser incrivelmente cansativo, ela ama fazer a diferença na vida das pessoas, felizmente sua avó tem um anjo da guarda aqui na terra: o filho do vizinho visita a avó 5 vezes por dia!

PUBLICIDADE

Sua avó Wilma foi diagnosticada com câncer de pulmão há dois anos atrás, ela passou por uma cirurgia e teve de remover um pulmão para poder continuar a viver.

Devido ela ter ficado incrivelmente fraca, demorou muito tempo para Wilma se recuperar da operação. Seis meses depois, os médicos deram mais uma notícia devastadora: Wilma tinha agora câncer de mama e teria mais uma luta pela frente.

PUBLICIDADE

Durante anos, Darrien tentou convencer a avó a ir morar com ela. A neta queria cuidar melhor da avó, que estava lutando com a terrível doença. No entanto, a idosa é muito teimosa, e não queria deixar a casa onde vive há 38 anos.

A neta admite abertamente que poucas pessoas têm boas coisas a dizer sobre a área onde Wilma mora. Aquela zona está em um estado lastimável. No entanto, foi exatamente nesse bairro que a avó teve um raio de esperança brilhando em tempos tão sombrios. A simpatia presente no bairro foi realmente uma bênção para a idosa, por isso “Ela se recusa a morar comigo porque ama a sua independência e a sua casa”, explica Darrien.

A solidariedade do bairro

PUBLICIDADE

“Eu trabalho em tempo integral no departamento de emergência da nossa cidade natal, no turno da noite”, disse Darrien. “Isto já limita muito o meu horário, para além de eu ser uma estudante em tempo integral. Nós não temos muita família aqui, então levar a vovó de um lado para outro ao tratamento todos os dias, e ser capaz de checá-la com frequência (ou tanto quanto eu gostaria) foi difícil para mim. É aqui que seus lindos vizinhos entram em cena.

Eles checam várias vezes ao longo do dia, e até me ajudaram a levá-la a consultas de quimioterapia e radioterapia. Eles são honestamente o que faz a vovó continuar.

Eu não posso ir até a casa dela sem ouvir alguém em algum momento gritando ‘Ei, senhorita Wilma, como você está?’ Ela conhece todo mundo pelo nome, e eles a conhecem e a amam tanto quanto eu.”

Mas há um vizinho em particular que ilumina o dia a dia de Wilma mais do que qualquer outra pessoa:

Caleb, um garoto de 7 anos de idade. O menino vive com sua avó, seu pai e dois irmãos na casa ao lado de Wilma. Ela oferece comida Caleb quando tem sobras, e ela se tornou uma espécie de melhor amiga para o garoto.

A linda amizade do garoto e da idosa 

Todos os dias Caleb se senta na varanda com Wilma, e eles conversam por horas, falando sobre todos os tipos de assuntos.

“Minha avó é tão apegada a ele, e o vínculo que eles têm é incrível… Este garoto merece o amor que ele recebeu deste post. Ele se destaca da norma e traz muita alegria para a vida de todos que o têm por perto.”

“Estou muito agradecida por ele e pelo amor que ele demonstrou à minha avó. Eu sei com certeza que ele a ajudou em seus dias mais difíceis. Ele nunca saberá o quanto eu realmente o aprecio. Espero que um dia ele perceba o impacto que ele teve na vida dela, e na minha também”.

Wilma em breve passará por mais 30 rondas de radioterapia. Mas, felizmente, ela tem a sua família, seus vizinhos amáveis ​​e Caleb em sua vida.

Em Jackson, Tennessee – pelo menos na varanda de Wilma – a idade e o gênero não importam. O que importa é o amor e o carinho.

O menino pode não saber, mas ele está fazendo mudanças positivas no mundo e na vida daquela idosa. Compartilhe se acha que o mundo precisa ouvir mais histórias positivas como esta!

Escrito por Redator