Silvio Santos revela que se arrepende amargamente por ter guardado segredo por tantos anos ‘Imperdoável’

O apresentador revela um de seus maiores segredos que guardou por longos anos.

PUBLICIDADE

Conhecido por construir um reino genuíno, devido às suas estratégias comerciais e à sua capacidade como televisão, Silvio Santos é talvez o maior nome ao longo de toda a existência da televisão no Brasil.

No entanto, nem tudo na vida do comunicador é florescente. Ele, que tem atualmente 91 anos de idade, que terminará em Dezembro deste ano corrente, descobriu numa reunião que tinha deixado bem sozinho durante bastante tempo, mas que no entanto pensou duas vezes sobre o assunto.

PUBLICIDADE

Como indicado pelo próprio proprietário, numa discussão com Hebe Camargo, ele tinha-se escondido dos meios de comunicação social que o tinham atrelado. Como disse Silvio Santos, ele chamou-se solteiro e escondeu as suas próprias raparigas para fazer de homem principal.

No entanto, o cônjuge que Silvio guardou não era a sua atual esposa, Iris Abravanel, mãe de quatro das suas filhas pequenas. Verdade seja dita, o moderador escondeu das pessoas em geral, durante bastante tempo, o sentimento com a sua primeira esposa, Maria Aparecida Vieira Abravanel, a quem chamou Cidinha.

PUBLICIDADE

Uma sobrevivente do crescimento maligno do estômago, ela passou a 22 de Abril de 1977. Ela é a mãe de Cíntia, a primogénita do veterano, e de Sílvia, que foi abraçada pelo casal. Sobre ter ficado calada sobre a relação, disse ele: “Quando converso com a minha voz interior, acredito que é talvez a coisa mais imperdoável que fiz tendo em conta a minha juventude”.

Silvio Santos expressou mesmo no encontro, que ocorreu em 1988, que a melhor amargura da sua vida foi a morte da sua primeira esposa, que tinha apenas 39 anos de idade quando foi genuinamente afetada pela infecção.

PUBLICIDADE

Escrito por Inês J

Colunista dedicado a escrever sobre culinária, saúde, curiosidades, relacionamentos e notícias de famosos.