Seita acredita que o mundo foi colonizado por aliens

PUBLICIDADE

Estão havendo relatos de que há membros de uma seita infiltrados em escolas na Holanda, a informação é de que são várias escolas guiadas pelos princípios da “ideologia do avatar”.

Esta seita, executa práticas controversas como o exorcismo, dizem que seu objetivo principal é criar “uma sociedade planetária iluminada”. Alguns acreditam que o planeta Terra tenha sido colonizado por alienígenas. Já pesou?!

PUBLICIDADE

A avatar foi criada em 1986 por Harry Palmer, ex-membro da cientologia – também bastante polêmica, a doutrina foi fundada por L. Ron Hubbard e tem entre os adeptos astros do cinema como Tom Cruise, John Travolta e Elisabeth Moss.

Com quase 1 milhão de seguidores, a seita prega que tudo o que você acreditar terá consequência em sua vida, ou seja, o que você acredita se torna realidade no seu cotidiano.

PUBLICIDADE

“Nosso curso não promove uma filosofia além disso. Temos pessoas de todas as religiões. O que avatar ensina são ferramentas, técnicas e processos para você assumir o controle de sua própria mente, conectando crenças e ações às consequências”, escreveu.

Uma das escolas infectadas pela ideologia do ”Avatar”

No e-mail, ele enviou sugestões de três minicursos para explorar a doutrina avatar.

PUBLICIDADE

Normalmente, os seguidores pagam por esses cursos, o que acaba gerando dinheiro para a empresa de Palmer, a Star Edge. Os preços variam entre US$ 350 (R$ 1.650) por cinco dias de aulas a U$ 7.500 (ou R$ 24.700) por treze dias.

Os programas avatar de autodesenvolvimento também emprestam elementos do xamanismo, do hinduísmo e da filosofia nova era.

A palavra avatar vem da mitologia hindu e se refere à “manifestação da alma liberada na forma corporal da Terra”.

PUBLICIDADE

“Os pais dos alunos estão com medo, porque eles leram o relatório e pensaram que existe uma seita. Os jornalistas não vieram aqui, eles apenas fizeram acusações. Alguns estudantes estão muito nervosos. Agora as pessoas olham para eles como se eles fossem parte de um culto”.

“As escolas precisam ser livres de ocultismos e extremismo. Elas precisam ser neutras. Sou contra a cientologia, sou contra a avatar, sou contra qualquer tipo de doutrinação”, diz uma das mães preocupadas com a situação. Com informações da BBC

Escrito por Raquel M.