Pastor perdoou ex-membro da igreja que fez mal a sua família

Perdoar alguém nem sempre é fácil. É comum que as pessoas sintam dificuldades em perdoar até mesmo pequenos erros. Porém, um pastor americano demonstrou ser capaz de perdoar até mesmo aquele que foi o responsável por tirar a vida de seu filho.

Ao site Religion News Service ele disse:

“Eu não queria que alguém me desse um tapinha nas costas e me dissesse que tudo ficaria bem. Eu não queria que alguém citasse um versículo da Bíblia para mim. Eu só queria ficar sozinho”.

O caso aconteceu em 2011, no mês de outubro. Karen, esposa do pastor e Cole de 21 anos foram assassinados dentro de sua própria casa. O assassino? Nada mais, nada menos do que um fiel da mesma igreja que eles.

O pastor Les Fergusson ficou desolado com tamanha maldade.  Mesmo após essa terrível perda, Les foi capaz de subir ao púlpito da igreja e pregar sobre a maravilhosa mensagem do perdão. Ferguson foi capaz de perdoar o homem responsável por tirar a vida de sua esposa e de seu filho. Paul Ellis Buckman tinha 70 anos na ocasião do crime e frequentava a igreja do pastor.

PUBLICIDADE

Depois de perder a esposa e o filho o pastor se mudou de cidade e acabou voltando a se relacionar com uma antiga namorada e se casaram em 2012.

Transformação

O pastor acredita que Deus usou o sofrimento dele para que ele se tornasse um ministro cheio de graça e mais compassivo com as pessoas.

“Deus achou por bem usar todo o meu sofrimento para me ajudar a ser um ministro mais compassivo e cheio de graça”, disse Ferguson. “Nunca em meus sonhos mais loucos eu poderia ter imaginado a vida abençoada que nossa família vive agora”.

O outro ministro da igreja chamado John Dobbs também comentou o caso:

“Com a ajuda de Deus, Les tomou as armas que Satanás queria destruí-lo e as transformou em ferramentas nas mãos do Salvador”.

PUBLICIDADE