Pastor é preso juntamente com sua amante por tirarem a vida de bebê recém-nascido com golpes de garfo

Um caso inacreditável de crueldade contra um bebê.

PUBLICIDADE

Um caso inacreditável aconteceu no estado do Ceará onde a Polícia Civil conseguiu prender nesta última segunda-feira (9) um pastor de 36 anos juntamente com uma mulher de 20 anos, o casal é acusado de assassinato de um bebê recém-nascido, filho do casal.

De acordo com as informações, o casal teria sufocado a criança e depois usado um garfo para golpear o pescoço do bebê que após ser morto foi jogado em um bueiro pelos próprios pais.

PUBLICIDADE

O crime teria acontecido no último sábado dia 6 na região metropolitana de Fortaleza, na cidade chamada Caucaia e deixou a população local estarrecida por tamanha crueldade.

A jovem de 20 anos se chama Jamile Rolim da Silva ela teria engravidado do pastor de 36 anos, identificado como Antônio José Cardoso Cunha e além do fato chocante, o casal estava em um relacionamento extraconjugal.

PUBLICIDADE

Não bastasse o relacionamento extraconjugal, para que sua esposa não descobrisse a traição o líder religioso pediu a jovem que abortasse a criança, mas mesmo tomando a substância abortiva a criança nasceu com oito meses e o casal decidiu tirar a vida da criança.

A polícia informou que o pastor ajudou a escondeu o corpo do bebê já sem vida em um imóvel da casa onde a criança teria nascido e posteriormente no outro dia deram fim a criança jogando o corpo em um bueiro.

PUBLICIDADE

A casa do pastor fica em cima da igreja onde ele pastoreia e logo após saber do crime bárbaro pessoas entraram no imóvel saquearam a casa e também a igreja do pastor.

O mesmo foi preso juntamente com sua amante e irão responder por homicídio e ocultação de cadáver.

 

PUBLICIDADE

Via: pleno.news

Escrito por Cláudia Lm

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.