Papa Francisco critica quem substitui filhos por cães e gatos

PUBLICIDADE

No discurso feito pelo Papa Francisco na ausência geral dessa quarta-feira (5), no vaticano, ele elogiou a adoção e paternidade e disse que lamenta que animais de estimação às vezes tomam o lugar dos filhos.

Ele afirmou em sua primeira audiência do ano que algumas pessoas têm um filho só, mas tem gatos e cães que ocupam o lugar, para ele é egoísmo. Ele também fez um pedido para que os processos de adoção fossem mais fáceis, para que o sonho de crianças que querem uma família e dos casais que desejam ter filhos possam se realizar.

PUBLICIDADE

Também disse que a negação da maternidade e da paternidade tira nossa humanidade. Ele criticou a queda de natalidade de muitos países ocidentais e o “inverno demográfico“, e convidou as pessoas a terem filhos.

Continuou insistindo que ter filho é sempre arriscado, seja adotado ou natural. Mas não ter é mais. Já no fim da audiência, ele assistiu a diversos espetáculos preparados por um circo com músicos, dançarinos, palhaços e malabaristas.

PUBLICIDADE

As falas do Papa Francisco ganharam grande repercussão nas redes sociais. Muitos internautas se posicionaram a favor do pontífice e defenderam suas afirmações. Por outro lado, muitas pessoas se mostraram descontentes com as críticas que o Papa direcionou às pessoas que decidiram ter animais ao invés de ter filhos.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator Seguindo News

Escrevo sobre os mais diversos temas. Prezo pela parceria com os publishers. Os divulgadores que precisam de matérias específicas podem solicitar.