O sumiço em excursão a Aparecida que é mistério para família desde 2012

PUBLICIDADE

No dia 21 de outubro de 2012 a vida do aposentado Delmar Winck mudou para sempre. Um grande mistério que até hoje não foi solucionado.

Acontece que Delmar estava com sua amada esposa Beatriz Winck. O aposentado estava em uma loja que fica no Santuário Nacional de Aparecida, localizado no interior de São Paulo.

PUBLICIDADE

Dona Beatriz estava do lado de fora, esperando por seu amado esposo. Entretanto, de forma inexplicável, Beatriz desapareceu e o senhor Delmar nunca mais a encontrou.

Na época, Beatriz tinha 77 anos. Os parentes da mulher nunca mais tiveram contato com ela. Desde o ocorrido, os familiares dela estão em busca de notícias. A forma como Beatriz desapareceu é uma incógnita para as autoridades policiais da região, assim como também para os familiares e amigos dela.

PUBLICIDADE

Nos dias de hoje, Delmar tem 90 anos. De forma frequente ele continua perguntando sobre sua esposa. De forma rotineira, ele sempre questiona como pode ela ter desaparecido sem deixar sinais. João Winck, de 62 anos, é o primeiro filho do casal Delmar e Beatriz. Ele é o que mais busca por informações que possam levar ao paradeiro de sua amada mãe.

Ao G1 ele contou que desde que deu início as buscas por sua mãe, ele amadureceu rápido demais e passou a viver uma realidade que ele nunca havia imaginado em sua vida. No desespero, ele chegou a procurar o gerente de uma boca de fuma em busca de informações que pudessem levá-lo até sua mãe, mas não teve sucesso.

PUBLICIDADE

 

Escrito por Redator Seguindo News

Escrevo sobre os mais diversos temas. Prezo pela parceria com os publishers. Os divulgadores que precisam de matérias específicas podem solicitar.