O dia que uma mulher descobriu gravidez e devolveu gêmeos adotados para o orfanato

PUBLICIDADE

Sabemos que a maternidade não é nada fácil, mas no geral é o momento mais importante e mágico na vida de uma mulher. Durante a gestação e após o nascimento, o vínculo entre mãe e filho é cada vez mais forte, porém as mães adotivas, mesmo não tendo gerado, conseguem possuir o mesmo vínculo, e podemos assim entender o que é o amor de mãe.

O caso de Ali Sanders acabou gerando certa revolta. A mulher, juntamente com seu marido, Michael, adotaram gêmeos idênticos quando acabaram descobriram que não poderiam ter filhos biológicos. Após todo o processo de adoção, o casal foi aprovado e adotaram os meninos de 8 meses. Ali notou que não estava interagindo tanto com os bebês como o marido.

PUBLICIDADE

Ali estava se sentindo estranha ultimamente e decidiu ir ao médico, que ao pedir uma amostra de urina, constatou que a mesma estava grávida. Foram cerca de 6 semanas visitando os gêmeos no lar adotivo até que levassem eles para a casa, porém após a descoberta da gravidez, Ali disse que não conseguia sentir nada pelos bebês adotivos, então os devolveu para o orfanato.

A mulher relata que ela torcia para que eles não chorassem a noite, pois ela teria que fingir ser uma boa mãe. Ela conta que foi difícil esse processo e que não conseguiu amá-los como pensou que amaria, então decidiu devolver para que outra família pudesse fazer isso por eles.

PUBLICIDADE

Escrito por Redator Seguindo News

Escrevo sobre os mais diversos temas. Prezo pela parceria com os publishers. Os divulgadores que precisam de matérias específicas podem solicitar.