Joelma entra em boate e canta ressuscita-me de Aline Barros

A cantora Joelma Mendes ex-vocalista da banda Calypso se apresentou recentemente em uma boate LGBT no Recife (PE), no finalzinho do evento a cantora fez uma interpretação da famosa música da cantora gospel Aline Barros, ressuscita-me, só bastou esse momento para então gerar muitas reações opostas e alimentar uma nova grade polêmica.

No passado, a cantora Joelma estava em uma lista como parte do grupo dos dez maiores inimigos da militância LGBT no Brasil, quem também encabeçava a lista com seus nomes foram o pastor Silas Malafaia e o pastor Marco Feliciano. A apresentação da cantora na boate LGBT Club Metrópole, gerou intensas críticas à Joelma, principalmente por causa do repertório escolhido por ela.

“Agora que a carreira dela tá de ladeira abaixo, ela quer o apoio das gays”; “Quero ver se ela vai promover a cura gay durante o show”; “Ela pensa que gay não tem memória”, foram algumas das reações opostas expressadas nas redes sociais, de acordo com informações colhidas pelo portal do jornal.

Pessoas presentes disseram que Joelma teria questionado ao público: “Quem está precisando de um milagre aí?”, e em seguida interpretado à famosa canção gospel. A apresentação foi acompanhada por um grande número de pessoas, já que a maior parte dos ingressos foi comercializada.

PUBLICIDADE

Ciente das polêmicas, Joelma disse que não nutre preconceitos, mas que enquanto evangélica, segue a posição bíblica a respeito da homossexualidade: “Tenho muitos fãs gays, mas a Bíblia diz que o casamento gay não é correto e sou contra”, declarou, em entrevista à revista Época.

Recentemente Aline Barros também se posicionou sobre o assunto ao ser questionada em um programa de TV, ela disse que seu posicionamento será sempre aquele orientado pela palavra de Deus, gerando também polêmica a respeito de sua declaração na televisão.

PUBLICIDADE