Como fazer uma avaliação do meu papel de Cristão no mundo?

PUBLICIDADE

Como fazer uma avaliação do meu papel de Cristão no mundo?

Nos dias atuais podemos ver diversas pessoas que vivem em busca de uma religião para alncançar a plenitude e uma vida melhor.

PUBLICIDADE

Mas qual o papel do cristão da sociedade? Como avaliar a nossa finalidade? Como cristãos, o nosso papel é demonstrar por meio da nossas vidas o quanto somos felizes e realizados por já ter encontrado aquilo que nos faltava: Jesus Cristo.

Deste modo, é importante que as demais pessoas reconheçam esta felicidade em nós, pois através de todo o nosso amor, bondade, alegria e fidelidade perante ao fruto do Espírito Santo, influenciaremos estas pessoas a encontrarem Deus para receber tudo aquilo que já possuímos. Ou seja, uma pessoa crente tem como papel na sociedade iluminar a vida de outras pessoas por meio do Evangelho, ajudando-as e encontram o caminho de Jesus.

PUBLICIDADE

No entanto, é preciso que cada cristão cumpra o seu papel vivendo como luz, para que aqueles ao seu redor reconheçam que os melhores pais, amigos e colegas são os cristãos, indivíduos de totalmente comprometimento e dedicação, que honram a Palavra não só para agradar aqueels com quem convivem, mas sobretudo o Senhor.

Não confunda o seu papel na sociedade

PUBLICIDADE

Embora o papel do cristão seja o de iluminar as pessoas ao seu redor com a Palavra do Senhor, ele precisa ter em mente que não se deve forçar os ensinamentos de Deus. Apresente e converse sobre, mas jamais force alguém.

Durante a sua vida, o cristão cruzará com muitos descrentes e ateus, e é exatamente com estas pessoas que se deve ter cautela. É realmente importante que os descrentes encontrem a luz, mas eles precisam descobrir isso por eles mesmos. O entendimento é necessário, mas o encontro com o caminho só depende da própria pessoa, e não do cristão.

O cristão precisa ser relevante na vida daqueles que cruza, deixando a luz de Cristo brilhar, pois a glória de Deus está presente em todos nós – até mesmo naqueles que não creêm.

PUBLICIDADE

Mas, se ao em vez de enxergarem você como uma pessoa de bem, mas como um ser chato e que sempre se queixa da vida, avalie seus atos e se aproxime mais de Deus.

 

Escrito por Raquel M.