Como evitar as vontades da carne e focar na vontade do Espírito

Como evitar as vontades da carne e focar na vontade do Espírito

Mesmo que você tenha Jesus como seu Senhor e único Salvador, haverá alguns momentos em que você sentirá fraquezas da carne, que lhe deixarão inquieto. Estas vontades da carne tentem fazer com que deixemos de servir a Deus, e mesmo que lutemos contra esta vontade, acabamos ficando desanimados e principalmente culpados.

Se você está passando por isso ou tem medo que isso lhe aconteça, saiba que a fraqueza da carne é bastante comum. Na Bíblia, ela é chamada de “guerra da carne contra o espírito” (Gálatas 5:17), onde o próprio apóstolo Paulo vivenciou tal condição, dizendo:  “Porque não faço o bem que prefiro, mas o mal que não quero, esse faço” (Romanos 7.19).

Como resistir às tentações?

Existe sim uma maneira de evitar e resistir às vontades da carne, principalmente a tentação sexual, que é adorando a Deus. No entanto, esta deve ser a nossa primeira atitude, e não posterior ao fato já consumado.

É válido também ter em mente que tudo aquilo que cobiçamos além dos desejos carnais, como bens materiais, poder, dinheiro e prestígio; não nos trazem plenitude e felicidade, mas sim nos causam a destruição da alma. E Deus adverte: “Vocês se abstenham dos desejos carnais que guerreiam contra a alma” (1 Pe 2:11).

Todos nós seres humanos estamos suscetíveis a cometer erros. No entanto, não permita que a culpa originária dos erros já cometidos os separe de Deus. O segredo para vencer a tentação está em manter-se fiel ao lado do Senhor.

Não resisti às vontades da carne. E agora?

Como dito anteriormente, todos nós cometemos erros. E se seu erro foi o de não resistir às tentações carnais, vá até Deus e confesse. Feito isso, louve-o, pois somente Ele é mais poderoso do que tudo, até mesmo que qualquer tentação.

“Cria em mim um coração puro, ó Deus, e renova dentro de mim um espírito estável. Não me expulses da Tua presença, nem tires de mim o Teu Santo Espírito. Devolve-me a alegria da Tua salvação e sustenta-me com um espírito pronto a obedecer” (Sl 51:10-12).

Escrito por Raquel M.