Cavaleiros do Apocalipse: O Cavalo Branco

PUBLICIDADE

O livro de Apocalipse, na Bíblia, talvez seja um dos que as pessoas mais se desanimam em tentar compreender, por causa da grande quantidade de símbolos e alegorias existentes nele.

Você, talvez, já deve ter ouvido falar nos quatro cavaleiros do Apocalipse. Entretanto, quem seriam eles de fato e o que eles representam?

PUBLICIDADE

Ao longo da série “Cavaleiros do Apocalipse“, você poderá compreender melhor sobre esse tema.

O primeiro cavaleiro

O surgimento desses cavaleiros coincide com a abertura dos quatro primeiros selos (do total de sete) que são abertos pelo Senhor Jesus.

PUBLICIDADE

No Fim dos Tempos, após a igreja ser arrebatada desse mundo, o Senhor Jesus irá abrir sete selos, cada selo representa uma catástrofe que acontecerá com as pessoas que ficarem nesse mundo e que não se arrependerem de seus pecados.

O primeiro selo é citado em Apocalipse, no capítulo 6, do versículo 1 ao 2. Quando o Senhor Jesus – também chamado de Cordeiro, neste livro, porque Ele morreu em sacrifício na cruz pelo pecado do mundo – abriu este selo, o apóstolo João, que teve essa visão profética, viu surgir um cavalo branco.

PUBLICIDADE

Muitas pessoas podem acreditar que a cor branca desse cavalo simboliza a paz, mas, na verdade, esse cavalo representa o anticristo (também conhecido como “primeira besta” ou “besta que emerge do mar”).

Esse ser diabólico será a própria encarnação do mal neste mundo durante o período da Grande Tribulação.

Entretanto, no começo de seu reinado, ele se mostrará um líder eficiente, que promoverá a paz mundial e as pessoas se simpatizarão por ele.

PUBLICIDADE

Sobre esta figura, o bispo Edir Macedo escreve em seu livro “Estudo do Apocalipse”:

“O cavaleiro branco, o anticristo, está vestido com uma aparência de Cristo. Ele engana com seu cavalo branco e com seu discurso de paz entre os povos.

Ele usa gestos humildes e até tem aparência inofensiva, a fim de que todos possam depositar confiança e fé nele.”

É com essa atitude que ele unificará os que ficarem nesse mundo, colocando-os contra o Criador.

Muitos serão enganados por ele sem perceber que caminham, na verdade, para a morte eterna.

Escrito por Raquel M.