Atriz Sheron Menezzes viveu um drama com seu bebê que ainda não completou um ano e desabafa nas redes sociais

Recentemente a famosa atriz Sheron Menezzes viveu ao lado de seu pequeno bebê chamado Benjamin, uma cena que sem sombra de dúvidas é algo típico de filmes. Tudo aconteceu na última sexta-feira, dia 13 de julho, Sheron estava passeando com seu filho no calçadão do Rio de Janeiro quando um assaltante se aproximou.

O criminoso estava de bicicleta e sua aproximação protagonizou uma situação que é comum apenas nos filmes, Sheron começou a correr do homem com seu bebê de apenas 7 meses a fim de escapar do assalto. O bandido não queria saber da segurança de Benjamin, quase o derrubou do carrinho e aproveitou para roubar o celular da atriz.

Menezzes desesperada gritou por ajuda no meio do calçadão e a partir de seus insistentes pedidos de ajuda, começou uma intensa perseguição ao assaltante. Um motociclista pegou para si o papel de personagem principal, o herói que salva o dia e foi atrás do bandido.

PUBLICIDADE

Com um sucesso extraordinário e absoluto, o motociclista foi capaz de alcançar o ladrão e imobilizá-lo. Depois disso a polícia efetuou a prisão do meliante. Ao chegar em casa Sheron utilizou suas redes sociais para desabafar a situação aterrorizante que viveu com seu pequenino.

Explicou tudo que aconteceu com detalhes e deixou claro que viveu um dia muito ‘louco’ no qual perdeu as esperanças no ser humano, mas o mesmo tempo recuperou. Disse que foi passear no calçadão com seu filho e quando parou apenas um segundo para olhar o celular, o aparelho já tinha sido roubado por um assaltante de bicicleta.

Contou que ficou frustrada, não podia fazer nada a não ser cuidar de Benjamin, gritou muito e as pessoas imediatamente atenderam seu pedido de ajuda e correram atrás do bandido. Quando lhe informaram que um motociclista invadiu a contramão parou e imobilizou o meliante, ficou muito feliz, mas de contrapartida ficou irritada, queria encher de ‘porrada’ o homem que quase derrubou seu bebê do carrinho.

PUBLICIDADE

Explicou que aquele sentimento deveria ser normal, uma “raiva de mãe” ela definiu. Agradeceu infinitamente o seu herói da moto, o homem passou o dia na delegacia com ela após praticamente efetuar uma ‘prisão’ indiretamente.

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE