Mulher dá à luz a primeira filha aos 64 anos em Belo Horizonte

PUBLICIDADE

Idosa conseguiu engravidar por meio de uma fertilização in vitro. A mãe e a filha, batizada de Ana Letícia, passam bem após realização da cesariana, em Belo Horizonte.

Segundo a Médica Ginecologista, a gravidez foi possível após uma fertilização in vitro, tecnologia muito usada nos dias atuais por mulheres que não puderam ter filhos devido ao corre-corre do dia-dia e resolveram ser mãe mais tarde em momento oportuno e tranquilo.

PUBLICIDADE

A mãe e a filha, batizada de Ana Letícia, passam bem após realização de cesariana na unidade de saúde da capital de Minas Gerais nesta terça (10) passada.

As tecnologias dos dias atuais são bastante procuradas por mulheres que têm o sonho de ser mãe algum dia.

PUBLICIDADE

Geralmente, na idade em que se contra Norma, a gravidez é considerada de alto risco em se tratando da idade da mãe, que é de 64 anos. Na gestação da maiorias das mulheres, ter 40 anos já é considerado gravidez de alto risco, imaginem com 64 anos. Isso é surpreendente!

PUBLICIDADE

“Os óvulos foram de uma doadora anônima e os espermatozoides do companheiro de Norma. Mas o que mais surpreendeu foi que o procedimento deu certo já na primeira tentativa”, comentou a médica da mãe. A informações são de Mais Goiás

Escrito por Raquel M.