5 descrições do inferno que você provavelmente não conhece

Muito se fala a respeito do inferno, independente de qual seja a sua religião, esse lugar foi sempre descrito como um lugar quente, com fogo e muito sofrimento, seja como for a descrição desse ambiente nunca é atrativa e ninguém tem interesse de saber como de fato é esse lugar.

Mas segundo essa pesquisa, esse temido lugar varia muito, conforme a cultura e as crenças das pessoas em todas as épocas do mundo.

O site List Verse reuniu alguns diferentes conceitos de inferno e nós vamos repassá-los a você.

1 – Niflheim

Essa é uma versão nórdica e alemã da casa do tinhoso. Contrariando a ideia de que o inferno é um local em eternas chamas, quem acredita na Niflheim diz que o local é uma paisagem congelante que abriga uma cobra gigante chamada Nidhogg, que se alimenta de todos os cadáveres presentes no local.

Essa descrição está presente na mitologia nórdica como a mais escura e assombrada de todas, responsável por abrigar almas em constante dor.

2 – Tuonela

Os povos antigos da Finlândia acreditavam que as almas eram arrastadas até Tuonela, o mundo dos mortos, através do rio Tuoni. Tytti a deusa da morte era responsável pelo carregamento das almas.

Acreditava-se que Tuonela era uma reprodução do mundo como ele era conhecido, só que com almas sofredoras e em constante dor.

Acreditavam que era permitido levar alguns itens de sobrevivência até lá e que, além disso, poderiam ir visitar entes queridos, embora a viagem fosse considerada muito perigosa e muitas vezes sem volta. Detalhe: o rio Tuoni era cheio de cobras venenosas.

Escrito por Redator