Pastor aceita perdão de jovem que o atacou com faca

Pastor aceita perdão de jovem que o atacou com faca

O pastor Gétero Augusto de Campos disse que perdoou o jovem que o atacou com uma faca durante um culto, depois do perdão do pastor a Justiça então resolveu suspender o processo contra o rapaz acusado. O ataque aconteceu em novembro de 2017 na cidade de Tatuí, em São Paulo, e foi transmitido ao vivo para o Facebook, o culto estava sendo transmitido ao vivo. As informações foram dadas pelo portal G1 na época em que tudo aconteceu.

As imagens mostram o pastor durante a pregação na Igreja Brasil para Cristo, quando o jovem, de 26 anos, entrou na igreja e subiu no púlpito com uma faca na mão. Na ocasião, o jovem foi levado para a delegacia e assinou um termo circunstanciado de lesão corporal tentada.

PUBLICIDADE

Ao veículo, o advogado Douglas Delanga, informou que o jovem procurou o pastor e ao conversar com ele, explicando tudo pediu perdão e que foi aceito pelo pastor.

O caso ficou com o Juizado Especial Criminal. Com isso, o perdão aceito é uma causa de extinção de punibilidade, ou seja, com o perdão do pastor não há motivos para prosseguir com o processo. Então, como o jovem pediu e o pastor aceitou, o processo foi extinto, disse o advogado.

No mesmo mês que tudo acontece, em dezembro, o pastor já havia dito que aceitaria o pedido de desculpas do homem e que também não ficou com raiva dele. O pastor disse que perdoou o jovem do fundo do fundo do seu coração e que não guarda nenhum tipo de sentimento de raiva ou de rancor pelo que aconteceu, disse que entende que foi algo que aconteceu para tentar o atingir e que o rapaz foi usado pelo ‘inimigo’. Tanto que no dia o pastor quis saber o motivo de ele ter feito aquilo. E ele disse sobre a música que não tinha gostado que queria testar Deus. Falou também que foi algo de momento e que não queria fazer aquilo. Ele, inclusive, falou que estava arrependido que não tinha nada contra o pastor – declarou na ocasião.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE