Após derrota Neymar desabafa: “Nunca deixarei de te agradecer Deus, até mesmo na derrota”

Duramente criticado por não ter dado atenção aos jornalistas após a derrota, Neymar resolveu se pronunciar através das redes sociais, ele mandou uma série de recados direcionado a imprensa e mostrou muita tristeza em tudo o que escreveu.

Craque ainda não tinha se manisfestado após a eliminação da Copa do Mundo

Através do Instagram, o jogador fez um post explicando como está encarando a dor da eliminação.

PUBLICIDADE

“Posso dizer que é o momento mais triste da minha carreira, a dor é muito grande porque sabíamos que poderíamos chegar, sabíamos que tínhamos condições de irmos mais além, de fazer história… mas não foi dessa vez. Difícil encontrar forças pra querer voltar a jogar futebol, mas tenho certeza que Deus me dará força suficiente pra enfrentar qualquer coisa, por isso nunca deixarei de te agradecer Deus, até mesmo na derrota… porque eu sei que o teu caminho é muito melhor do que o meu”, escreveu o jogador.

Astro da Seleção Brasileira quebrou o silêncio após a eliminação da Copa do Mundo em derrota para a Bélgica

“Muito feliz em fazer parte desse time, estou orgulhoso de todos, interromperam nosso sonho mas não tiraram da nossa cabeça e nem dos nossos corações”, completa Neymar na mensagem que é acompanhada de uma foto dele ajoelhado em campo, enquanto faz uma oração.

PUBLICIDADE

Em menos de uma hora, a postagem teve cerca de 1,5 milhão de curtidas e a grande maioria dos comentários mostra que os torcedores não responsabilizam o jogador pela derrota, como parte da imprensa vem fazendo.

Neymar chegou à Copa do Mundo sob dúvidas após a lesão sofrida no Paris Saint-Germain, teve altos e baixos ao longo da competição e foi bastante criticado por seu comportamento em campo, principalmente por suas simulações de faltas e agressões. Contra a Bélgica, pouco apareceu, ao ser bem marcado pelos zagueiros rivais.

Esta foi a segunda vez que ele disputou a Copa do Mundo, e a segunda em que foi eliminado. Em 2014, no Brasil, no entanto, se lesionou nas quartas de final, diante da Colômbia, e não atuou na semifinal, no histórico 7 a 1 diante da seleção da Alemanha.

PUBLICIDADE

O que resta agora aos brasileiros é aceitar e escolher uma outra seleção para torcer nessa copa.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE